7 dicas para conseguir emprego mesmo sem experiência

Confira algumas estratégias para conseguir driblar essa exigência feita por grande parte dos empreendedores.

Publicado em 05/01/2024 por Rodrigo Duarte.

Anúncios

Iniciar uma jornada de trabalho pode acabar se tornando uma das experiências mais angustiantes e frustrantes para grande parte das pessoas. Afinal de contas, é muito comum que os jovens profissionais acabam se deparando com um cenário completamente paradoxo: ao mesmo tempo que as empresas querem contratar jovens, exigem algum tipo de experiência.

7 dicas para conseguir emprego mesmo sem experiência

Mas este acabou se tornando um problema não apenas dos mais jovens. Pessoas mais velhas que estão interessadas em trocar de área de trabalho também podem acabar tendo dificuldades para conseguir uma nova ocupação. E isso por uma cultura que a grande maioria das empresas acaba tendo de exigir experiência profissional para contratação.

Confira algumas dicas para quem está procurando emprego mas que não possui muita experiencia na área:

Invista em educação

Anúncios

Antes de mais nada, é muito importante que as pessoas invistam na sua educação como parte complementar do currículo, desviando um pouco a atenção da falta da experiência. Hoje em dia existem diversas opções dos mais variados cursos e capacitações que podem acabar tornando este currículo muito mais interessante e atraente. Além do conhecimento e dos certificados, as pessoas ainda podem utilizar os próprios cursos como uma forma de iniciar uma nova rede de contatos, com colegas e professores.

Adquira experiência “por baixo”

Para os jovens que estão entrando no mercado de trabalho, realmente o caminho mais indicado é começar “de baixo”, ou seja, em empregos e atividades profissionais que acabam remunerando menos, mas que acabam permitindo que as pessoas comecem a entender melhor como o mercado funciona. Em alguns casos, dependendo da área na qual a pessoa pretenda trabalhar, pode ser interessante até mesmo começar através de um trabalho voluntário, por exemplo.

Cultive sua rede de contatos

Anúncios

A grande maioria dos jovens acabam não conseguindo ter a real noção de como uma amizade acaba sendo importante para obter oportunidades profissionais. Mas com o tempo as pessoas percebem que as redes de contato podem acabar se tornando fundamentais neste processo. Por isso, quanto antes as pessoas começarem a manter contatos com pessoas que podem vir a se tornar colegas e até mesmo chefes, maior a chance de conseguir colocação no mercado.

Crie um Diagrama de Venn

O diagrama de Venn é uma ferramenta muito interessante que permite com que as pessoas consigam ter um maior conhecimento delas mesmo, o que acaba ajudando bastante no mercado de trabalho. Nela, as pessoas precisam analisar todas as suas habilidades, experiências e características pessoais que precisa para o seu futuro trabalho. Neste mesmo diagrama, as pessoas podem também ir adicionando habilidades que ela já possui. A partir do cruzamento destes dados, as pessoas podem acabar identificando oportunidades que poderão ser mais interessantes na busca por novas vagas.

Crie uma expertise

Em tempos generalistas, nos quais as pessoas acabam tendo que saber de tudo um pouco e com uma grande quantidade de informação e conteúdo sendo consumido o tempo todo, o mercado sente falta de pessoas que tenham uma expertise, ou seja, que tenham mais conhecimentos sobre uma determinada área ou assunto. Este tipo de conhecimento ajuda na obtenção de alguns tipos de vagas.

Prepare um currículo adaptado

Uma boa parte do currículo geralmente acaba sendo destinado para as experiencias profissionais que as pessoas vão obtendo com o passar do tempo. Mas quando essa área acaba não tendo muito conteúdo, o currículo deve ser adaptado, dando total enfoque para as outras áreas que as pessoas tenham o que agregar, como formação, cursos e até mesmo experiencias de vida.

Participe de programas destinados a jovens sem experiência

Hoje em dia existem diversos programas que acabam sendo específicos para os jovens que estão procurando suas primeiras experiencias de trabalho. É o caso do Jovem Aprendiz, por exemplo, que permite com que os jovens tenham uma experiencia profissional enquanto estudam. O programa ainda oferece formações complementares focadas no mercado de trabalho.

Outra oportunidade para os jovens que estão começando sua vida profissional é o estágio. Hoje em dia existem vagas de estágio tanto para quem está no Ensino Médio quanto para quem está no Ensino Superior, e normalmente as empresas acabam sendo menos exigentes em relação a experiencia para essas vagas.

ESCRITO POR: Rodrigo Duarte - Jornalista formado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), com especialização em Marketing Digital.